I
n
s
c
r
e
v
a
-
s
e
Boas Vindas

Notícias

Abuso infantil relacionado a desigualdade de renda.

  Como a Grande Recessão se aprofundou e a desigualdade de renda se tornou mais proeminente, as taxas de maus-tratos à criança - abuso sexual, físico e emocional, lesões cerebrais traumáticas e morte - piorou, de acordo com um estudo de âmbito nacional desenvolvido pela Universidade de Cornell nos EUA.

   O estudo abrange todos os 3.142 condados americanos entre 2005 a 2009. "Nosso estudo é o primeiro a demonstrar que o aumento da desigualdade de renda está associado ao aumento de maus-tratos à criança", disse John J. Eckenrode, professor de desenvolvimento humano e diretor do Centro de Desenvolvimento Familiar Vida na Faculdade de Ecologia Humana. "Sociedades, estados e comunidades mais igualitários têm menos problemas sociais e de saúde."

   Quase 3 milhões de crianças com menos de 18 anos são abusadas fisicamente, sexualmente, negligenciadas ou sofrem abuso emocional a cada ano nos Estados Unidos, os pesquisadores de Cornell observaram. Corresponde a cerca de 4% da população jovem - e esses são apenas os casos oficialmente documentados.

   "Certamente, municípios com pobreza geral têm problemas significativos com o abuso de crianças", disse Eckenrode. "Nós estávamos mais interessados ​​em áreas geográficas com grandes variações de renda", detalhou. "Onde as desigualdades de renda são mais proeminentes. É onde as crianças estão realmente sofrendo." A dor não para quando as crianças se formam - se o fazem - da escola, apontam os pesquisadores da Cornell.

   "Maus-tratos à criança são um estressor tóxico na vida das crianças que pode resultar em mortalidade infantil e morbidades, com efeitos ao longo da vida sobre as principais causas de morte em adultos", conclui o estudo. "Isso além de efeitos a longo prazo sobre a saúde mental, uso de drogas, comportamento sexual de risco e comportamento criminoso, bem como aumento das taxas de desemprego, pobreza e necessidade de serviços médicos na idade adulta."

FONTE: Cornell University. (2014, February 11). Child abuse rises with income inequality. Science Daily. Retrieved February 12, 2014 from www.sciencedaily.com/releases/2014/02/140211132959.htm