I
n
s
c
r
e
v
a
-
s
e
Boas Vindas

Notícias

Falta de sono pode prejudicar a memória?

A falta de sono já é considerada uma epidemia de saúde pública, e também pode levar a erros na memória, mostra um novo estudo realizado por pesquisadores da Michigan State University (MSU) e da Universidade da Califórnia, em Irvine (UC-Irvine). O estudo descobriu que participantes privados de uma noite de sono eram mais propensos a confundir os detalhes de um assalto simulado que foram mostrados em uma série de imagens. 
Memória distorcida pode ter consequências graves em áreas como a justiça criminal, em que erros de identificação de testemunhas oculares são vistos como a principal causa de condenações injustas nos Estados Unidos. "Descobrimos que distorções de memória são maiores após a privação de sono", disse Kimberly Fenn, professor associado de psicologia da MSU e coinvestigador do estudo. "E as pessoas estão tendo menos sono por noite de uns tempos para cá." 
Os Centros para Controle e Prevenção de Doenças veem o sono insuficiente como uma epidemia e dizem que está ligada a acidentes com veículos, catástrofes industriais e doenças crônicas, como hipertensão e diabete. Os pesquisadores realizaram experimentos em MSU e UC-Irvine para avaliar o efeito do sono insuficiente na memória. Os resultados apontaram que os participantes mantidos acordados por 24 horas - e mesmo aqueles que têm cinco ou menos horas de sono - eram mais propensos a confundir/misturar os detalhes do evento que os participantes que estavam bem descansados. 
"As pessoas que repetidamente obtêm quantidades baixas de sono a cada noite podem ser mais propensas a longo prazo para o desenvolvimento dessas formas de distorção de memória", disse Fenn. "Não se trata apenas de uma noite inteira de privação de sono que as coloca em risco."

FONTE: Michigan State University. (2014, July 21). Missing sleep may hurt your memory. Science Daily. Retrieved August 19, 2014 from www.sciencedaily.com/releases/2014/07/140721100414.htm