I
n
s
c
r
e
v
a
-
s
e
Boas Vindas

Notícias

Cyberbullying coloca adolescentes em situação de risco

Adolescentes vítimas de cyberbullying - definido como a utilização da Internet ou telefones celulares para enviar mensagens ofensivas e de assédio - são mais propensos a desenvolver sintomas de depressão, abuso de drogas e vício em Internet, relata um estudo publicado no Journal of Adolescent Health. Compreender a relação entre comportamentos de cyberbullying e a saúde na adolescência é uma questão crítica, disse o principal autor do estudo, Manuel Gamez-Guadix, Ph.D. da Universidade de Deusto, na Espanha.
"Um grande número de adolescentes é vítima de cyberbullying ou autor de cyberbullying, mas são as vítimas que desenvolvem um maior risco de problemas de saúde psicológicos e comportamentais, como abuso de drogas, após seis meses de vivência de bullying", diz Gamez-Guadix. Ele e seus colegas investigaram 845 alunos (498 meninas e 337 rapazes) com idades entre 13 e 17 anos de idade. Descobriram que vinte e quatro por cento havia sido vítima de um comportamento de cyberbullying, como alguém enviar uma mensagem ameaçadora ou insultuosa. Dos participantes, 15,9% disseram que experimentaram dois comportamentos de bullying e 8 por cento foram vítimas de três comportamentos de cyberbullying.
Cyberbullying, dizem os pesquisadores, é um problema crescente, especialmente entre adolescentes. Fotos e vídeos de humilhação e assédio, boatos, mensagens inadequadas ou falsas podem ser facilmente e com frequência postados anonimamente em e-mails ou mensagens de texto em sites de redes sociais, tornando-os difíceis de evitar. Mensagens de intimidadores virtuais são muitas vezes difíceis de rastrear e eliminar.
Robert D. Sege, MD, Ph.D., professor de pediatria na Universidade de Boston, observou: "Este é um estudo importante porque contribui para o que já sabemos sobre cyberbullying. É muito claro, se você vivencia cyberbullying, você está mais apto a ser vulnerável a um conjunto de comportamentos não adaptativos. Eu achei que era particularmente interessante que, se os adolescentes são vítimas de bullying cibernético, eles são mais propensos a tornar-se deprimidos e, inversamente, se eles estão deprimidos, são mais propensos a ser intimidados."
"Os adolescentes estão vivendo sua vida na Internet hoje", observou Sege. "Isso inclui experiências sociais e comportamentos não adaptativos que muitas vezes são agrupados durante seus anos de adolescência." Gamez-Guadix acrescenta: "É importante incluir estratégias de prevenção de  cyberbullying dentro de intervenções para problemas comportamentais durante a adolescência. Profissionais de saúde mental devem prestar atenção especial a estes problemas no tratamento de vítimas de cyberbullying."

FONTE: Health Behavior News Service, Center for Advancing Health. (2013, 12 de junho). Cyberbullying puts teens at risk. Science Daily. Acessado 08 de julho de 2015 a partir de www.sciencedaily.com/releases/2013/06/130612101655.htm