I
n
s
c
r
e
v
a
-
s
e
Boas Vindas

Notícias

Exposição à luz do celular antes de dormir pode prejudicar o sono

A exposição à luminosidade do celular durante a noite pode impedir que se adormeça tão rápido quanto se poderia. Pesquisa publicada on-line no Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism concluiu que a biologia do sono de meninos e meninas com idades entre 9 a 15 anos nos primeiros estágios da puberdade era especialmente sensível à luz durante a noite, em comparação com adolescentes mais velhos. Em experimentos de laboratório, uma hora de exposição à luz noturna suprimiu a produção do hormônio melatonina significativamente mais para este grupo do que para os adolescentes com idades entre 11 a 16 mais avançados na puberdade.
Quanto mais brilhante a luz nos experimentos, mais melatonina foi suprimida. Entre 38 crianças no início da puberdade, uma média por hora de 15 lux de luz suprimia 9,2% de melatonina, à medida que 150 lux (a luz ambiente normal) reduziram em 26%, e 500 lux (tão brilhante como em um supermercado) reduziram em 36,9%. Os 29 adolescentes na fase tardia ou pós-púberes também foram afetados, mas não tanto. A exposição a 15 lux não suprimiu qualquer melatonina, 150 lux reduziram 12,5%, e 500 lux reduziram em 23,9%.Os efeitos eram os mesmos para meninos e meninas.
"Pequenas quantidades de luz durante a noite, como a luz das telas, podem ser o suficiente para afetar os padrões de sono", disse a autora sênior do estudo, Mary Carskadon, professora de psiquiatria e comportamento humano na Faculdade de Medicina Alpert da Universidade Brown. "Os alunos que têm tablets, TVs ou computadores - até mesmo uma lanterna debaixo das cobertas para ler - estão empurrando seus relógios circadianos para um momento posterior. Isso torna mais difícil ir dormir e acordar, às vezes, cedo na manhã seguinte para a escola."
Carskadon, juntamente com a principal autora, Stephanie Crowley, do Rush University Medical Center, e seus coautores disseram que as crianças e seus pais devem limitar o uso de telas na hora de dormir, mesmo que seu uso seja generalizado. Um estudo descobriu que 96% dos adolescentes usam pelo menos uma forma de tecnologia uma hora antes de ir para a cama.

Fonte: Brown University. (2015, 26 de agosto). Bright screens at night imperil sleep of young teens. Science Daily. Acessado 26 agosto de 2015 a partir de www.sciencedaily.com/releases/2015/08/150826092619.htm