I
n
s
c
r
e
v
a
-
s
e
Boas Vindas

Notícias

O que 20 anos de pesquisas sobre a Cannabis nos ensinam.

Nos últimos 20 anos, o uso recreativo de maconha cresceu enormemente, tornando-se quase tão comum quanto o uso do tabaco entre adolescentes e jovens adultos, e também tem a evidência da pesquisa. Uma nova e importante revisão na revista científica Addiction apresenta as informações mais recentes sobre os efeitos do uso de cannabis na saúde mental e física.

As principais conclusões são:
Efeitos adversos do uso agudo de Cannabis.
A cannabis não produz overdoses fatais.
Dirigir enquanto intoxicado de cannabis dobra o risco de um acidente de carro; Esse risco aumenta substancialmente se os usuários também estiverem intoxicados por álcool.
O uso de cannabis durante a gravidez reduz ligeiramente o peso do bebê ao nascer.

Efeitos adversos do uso crônico de cannabis
Usuários regulares de cannabis podem desenvolver uma síndrome de dependência, cujos riscos são cerca de 1 em cada 10 de todos os usuários de cannabis e 1 em cada 6 entre os que iniciam na adolescência.
Usuários regulares de cannabis duplicam seus riscos de experimentar sintomas e distúrbios psicóticos, especialmente se tiverem história pessoal ou familiar de transtornos psicóticos e se começarem a consumir maconha em meados da adolescência.
Usuários regulares de cannabis adolescentes têm menor nível de escolaridade do que os não-usuários, mas não sabemos se a ligação é causal.
Usuários regulares de maconha adolescentes são mais propensos a usar outras drogas ilícitas, mas não sabemos se a ligação é causal.
O consumo regular de cannabis, que começa na adolescência e continua ao longo da idade adulta, parece produzir deficiência intelectual, mas o mecanismo e a reversibilidade da deficiência não são claros.
O uso regular de cannabis na adolescência dobra aproximadamente o risco de ser diagnosticado com esquizofrenia ou relatar sintomas psicóticos na idade adulta.
Os fumantes regulares de cannabis têm um maior risco de desenvolver bronquite crônica.
O fumo de cannabis por adultos de meia idade provavelmente aumenta o risco de infarto do miocárdio.

Referência:
https://www.sciencedaily.com/releases/2014/10/141007092449.htm
Wayne Hall. What has research over the past two decades revealed about the adverse health effects of recreational cannabis use? Addiction, 2014; DOI: 10.1111/add.12703